domingo, 19 de setembro de 2010

Flores..Perfumes..Espinhos..





No jardim da vida muitas vezes cultivamos  variedades de flores, cada uma  com sua beleza e perfume bem particular. 
Algumas possuem espinhos, e na busca da defesa, deixam marcas cravadas na pele. Mas muitas dessas marcadas ultrapassam e se acomodam no leito sagrado da alma.
Como arrancá-las? Se elas insistem em crescerem e nos lembram a cada dia seu perfume e seus espinhos.
Somente quando regamos- as com a sublime água do amor, podemos nos livrar de tais espinhos e sentir o aroma suave e inebriante  das mais belas flores da vida.

''Os amores profundos cultivam-se no jardim do silêncio’’.

Por:  Profª Maria de Fátima B. de Oliveira

Um comentário:

  1. eu gostei muito mesmo, amei estas frazes sao lindas

    ResponderExcluir