quinta-feira, 16 de setembro de 2010

ONDE ME PERDI VOCÊ









Onde me perdi de você!



O ser humano não é nômade


Mesmo quando sonha


Sendo andante quer uma parada


Parado quer abrigo


Tendo abrigo.


Quer aconchego


No aconchego


Quer carinho


No carinho


Quer abraço


No abraço


Quer um toque


Com o toque


Ah! O desejo


No desejo


Perde-se.


Onde me perdi de você?


Esper@nç@S@bedori@

Um comentário:

  1. Ai que lindo! ameu a poesia! Continue escrevendo...

    adoro o q escreve.

    ResponderExcluir